“Recomendação sobre porte de arma de fogo coroa esforço conjunto de Sindicatos”, diz diretor

09/11/2017 - 22:44 - Por Francisco Noberto Gomes Carneiro

O diretor jurídico do Sindojus-PB, Alfredo Miranda, exaltou o esforço desenvolvido conjuntamente com entidades coirmãs dos estados do Distrito Federal, Pará, Alagoas, Pernambuco e Maranhão, que resultou recentemente, na recomendação do diretor executivo da Polícia Federal Rogério Garollo aos Superintendentes Regionais de que, após análise do caso concreto, seja deferido porte de arma de fogo a Oficiais de Justiça que efetivamente atuem em regiões de alta periculosidade ou cumpram medidas judiciais graves e de risco.

Ele destacou ser esta uma antiga luta do Sindojus-PB, que tem no diretor-secretário Joselito Bandeira um de seus maiores entusiastas e lembrou que o assunto foi objeto, meses atrás, de reunião de ambos e representantes dos referidos Sindojus com o diretor executivo da PF, ocasião em que solicitaram providências inadiáveis quanto aos reiterados indeferimentos a pedidos de porte de arma formulados pelos Oficiais de Justiça e demonstraram de forma fundamentada a sua necessidade.

O presidente Benedito Fonsêca também mostrou-se gratificado com o atendimento pela Polícia Federal, desse direito defendido incansavelmente pela atual gestão do Sindojus-PB.


Sobre o Autor

Francisco Noberto Gomes Carneiro

Comentários

Ainda não existe comentários.

 

COMARCAS

LOCALIZAÇÃO

  • Praça João XXIII, CASA Nº 60

  • JAGUARIBE - 58015-030

  • JOÃO PESSOA/PB

  •  

  • (83) 3513 8234

FUNCIONAMENTO

  • Segunda a quinta-feira

  • das 08:00 às 17:00 horas

  •  

  • sexta-feira: 08:00 às 14:00

SOBRE

  • Foi fundado em 13 de março de 2003. Sua sede se localiza na cidade de João Pessoa, capital do estado. É a única entidade do Poder Judiciário da Paraíba, com quadro de filiados homogêneo, formada só por Oficiais de Justiça. Tem como objetivo maior agregar e fortalecer a categoria, em torno da luta pelos direitos a ela pertinentes.

  •  

  • SAIBA MAIS