Após pedido de providências do Sindojus-PB ao CNJ, juíza revoga ato desviava função dos Oficiais de Justiça

13/05/2019 - 22:51 - Por Equipe Sindojus

CNJ 2Após pedido de providências formulado pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba (Sindojus-PB), junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a juíza e diretora do Fórum da Comarca de Catolé do Rocha, Fernanda de Araújo Paz, revogou ato que previa o transporte de correspondências aos Correios por Oficiais de Justiça. No entendimento da magistrada, o ato se constitui em desvio de função.
Em ofício encaminhado no dia 22 de março deste ano, pelo Núcleo de Apoio e Acompanhamento aos Procedimentos, Atos e Resoluções do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), à conselheira e relatora do pedido de providências, Maria Cristina Ziouva, o Tribunal de Justiça da Paraíba informou que a portaria 001/2019, da Diretoria do Fórum de Catolé do Rocha, questionada pelo Sindojus, “foi revogada”.
“Assim, solicito o arquivamento do pedido de providências, tendo em vista a perda do seu objeto”, afirma o ofício assinado pelo assessor da vice-presidência do TJPB (Tribunal de Justiça da Paraíba) e representante do Judiciário paraibano no CNJ, Rodrigo Antônio Nóbrega Guimarães.
A juíza de Catolé do Rocha foi informada da decisão e encaminhou ofício ao TJ com o seguinte teor: “Em atenção ao Memorando 23/2019/TJPB/CNJ, informo a revogação da portaria 001/2019, desta Diretoria, publicada em 26 de fevereiro de 2019”.


Sobre o Autor

Equipe Sindojus

Comentários

Ainda não existe comentários.

 

COMARCAS

LOCALIZAÇÃO

  • Rua Maximiano Chaves, CASA Nº 60

  • JAGUARIBE - 58015-030

  • JOÃO PESSOA/PB

  •  

  • (83) 3513 8234

FUNCIONAMENTO

  • Segunda a quinta-feira

  • das 08:00 às 17:00 horas

  •  

  • sexta-feira: 08:00 às 14:00

SOBRE

  • Foi fundado em 13 de março de 2003. Sua sede se localiza na cidade de João Pessoa, capital do estado. É a única entidade do Poder Judiciário da Paraíba, com quadro de filiados homogêneo, formada só por Oficiais de Justiça. Tem como objetivo maior agregar e fortalecer a categoria, em torno da luta pelos direitos a ela pertinentes.

  •  

  • SAIBA MAIS